Blue Systems Tecnologia uma empresa de soluções 100% Open Source

Hoje em dia, realmente é complicado encontrar empresas com especializadas em soluções Open Source e para isso encontramos a Blue Systems Tecnologia, www.bluesystems.com.br, uma empresa 100% Brasileira que desenvolve soluções em plataforma Open Source Web Basesed, Firewall Appliance, Server Appliance, Data Center Hosting Service entre outros.

Parabéns a toda a equipe da Blue Systems.

Posted in Sem categoria

Instalando sofwares Open Source com um Click no OSX

Para usuários de plataformas BSD devem conhecer o Ports e usuários do OS X devem conhecer o MacPorts, estes aplicativos instalam através da linha de comando sotwares Open Source que geralmente são distribuidos para BSD, Linux e Open Solaris originalmente.

A novidade chama-se Porticus, um gerenciador de pacotes também Open Source que nada mais é que uma interface gráfica para o MacPorts, tornando o processo de instalação de aplicativos mais simples para usuários menos experientes.

Screenshots:
http://porticus.alittledrop.com/main.jpg

URL: http://porticus.alittledrop.com/

Posted in Sem categoria

OpenDNS, servidor de público para acelerar a resolução de nomes

Para aqueles que estão procurando um servidor de DNS como resolver para suas estações vale a pena conhecer o OpenDNS, além de manter as zonas de DNS atualizadas constantemente ele carrega muitos domínios em cache para agilizar o processo de resolução de nomes.

Para configurar seu DNS através dele é simples, configure o DNS primário e secundário para este endereços:

DNS Primário: 208.67.222.222
DNS Secundário: 208.67.220.220

Até

Posted in Sem categoria

Fazendo backup de sites FTP com WGET

Esta dica é para aqueles que precisam efetuar backups de sites inteiros por FTP, uma ótima opção é o WGet e para isso basta executar o comando abaixo no terminal:

wget -r ftp://usuario:senha@ftp.jaccon.com.br/ ( exemplo )

Simples não ???

Posted in Sem categoria

Configurando Chip Matrix para PS2

 

IPB Imagem

Clique aqui e veja também o vídeo de configuração do Chip Matrix

1º primeira coisa, comprando um Matrix Infinity pesa uma garantia que cubra a autenticidade do Chip.

2º faça um pequeno teste na frente deles, para que eles provem a autenticidade do chip uma delas é mais simples que é ligar o ps2 com o Matrix infinity com IPB ImagemIPB Imagem pressionado e salvar alguma alteração sugestão o sistema de cores a primeira opção, volte ao mesmo e comprove que a alteração foi salva um dos passos já foi cumprido.E claro logo depois ele tem que funcionar com dvds paralelos.
Telas que aparecem com IPB Imagem IPB Imagem

IPB Imagem

3º gravar um cd com o firmware 1.93 o mais novo e faça o teste de originalidade final!
firmware é constituído de dois arquivos um sendo o bin outro o cue vc deve gravar o cue usando o alcohol.
o firmware 1.93 –> Atualização
mais porque seria o passo final, junto ao firmware tem um programa que testa a originalidade do Matrix infinity, assim tem a garantia de ter comprado um produto original.
Passado disso vc tem um matrix infinity pode utilizá-lo ao Maximo!
Esse tutorial foi feito por Emerson-qix e a família Neotecnologia.
caso ocorra algum problema com a atualização de modo de ter interrompido por algum modo (queda de energia, interrompeu no meio do progresso %,etc) isso tem recuperação desligue o aparelho religue segurando reset por três segundos e torne a atualizar.

Atenção : Uma coisa não caiam na lábia de vendedor esperto que fala que tem vários chips com sobrenome infinity … Matrix infinity é só um! Não têm outros os outros são clones e com certeza podem lhe causar vários problemas para a vida útil de seu aparelho futuramente!

Identificando um clone realmente só tem esses modos com sua atualização ou mesmo o teste de acessar seu menu fazendo alguma alteração comprovando que ele salva a alteração que vc fez, ou mesmo vendo o chip, os chips que são distribuídos para todas as lojas são eles modbo, libertador infinity, matrix infinity azul, todos eles tem todas as funções do matrix eles desligam fazem o auto boot tudo, só não atualizam.
Não me responsabilizo pelo não mais funcionamento de seu chip, que com certeza sé ele parar de funcionar ele vai ser um clone.

Quem optar pelas versões mais antigas ou quiser fazer um downgrade estão elas aqui
1.75 1.82 1.88 1.91 1.93
essas versões acima são para upgrade ou downgrade, não se faz necessário vc estar atualizando um por um vc pode ir do 1.0 ao 1.93 sem problema não tem objeção nisso.

Configuração mais adequada para qualquer versão para se deixar o menu do chip para não se ter problemas do tipo: jogo em preto e branco, não troca de cd,etc,etc
ps2 screen fix : color, se por eventualidade do modelo de aparelho continuar preto e branco o jogo, ponha em ntsc.
Y screen fix: já fica off
psx screen fix: on
psx multi disk: on
mc16 patch: on ou off vai depender se vc tem ou não uma memory de maior capacidade
atad auto patch: on se vc utilizar hd em seu ps2
macrovision fix: on
green fix: on
dvd vídeo region: a nossa é a 4 Brasil, mais se por qualquer problema que o dvd apresentar de não rodar verifique qual a região do mesmo as regiões vão de 1 ate 8.
dvd9 DL support: on
boot mode: auto
pad detect time: 4
boot logo: on ou off, vai ser a sua escolha em on, sempre quando ligar o ps2 o logo Matrix ira ser mostrado.
igual a imagem do menu acima mostrada.IPB Imagem

Principais comando para o Chip
Start : desativa o chip, para voltar ativá-lo apenas desligue o aparelho por completo.
Select : segurando o mesmo em jogos de ps2 será efetuado o Fast boot, isso é um boot mais rápido sem a apresentação do logo playstation2.
R1,R2,L2: ele são destinados ao acionamento do boot Dev-1, Dev-1 são aplicativos instalado no seu memory card, programas para se ver vídeo,CB,e mesmo o HDLoader.
L1: se é usado para efetuas o boot de programas instalados em seu HD, se o tiver.
IPB Imagem: ira forçar a leitura de um dvd-video e ps1.
IPB Imagem: executa Infinity manager instalados na memory card.

Ficou com alguma dúvida em relação a instalação ou configuração ? então utilize os comentários

Easymall

Resetando senha do adminsitrador do Joomla

Caso você esteja precisando resetar a senha de seu usuário administrador do Joomla siga os passos abaixo:

1) – Logue pelo phpMyadmin ou algum outro cliente de MySQL desejado;
2) – Caso esteja utilizando o phpMyadmin clique na base de dados que o Joomla está instalado, na sequência em SQL
e entre com o comando abaixo:

UPDATE jos_users SET password=MD5(‘xxxxxx’) WHERE usertype = “Super Administrator”

Execute o comando.

Explicando: jos_users é a tabela de usuários passwd=MD5 seta a senha, em nosso exemplo utilizamos xxxxxxx como senha e finalmente usertype=”Super Administrator” informa que a senha que deve ser setada é a do super usuário.

Até mais,

Posted in Sem categoria

Encontrando arquivos grandes

Esta dica rápida é para encontrar aqueles arquivos grandes em diretórios em seu computador:

– Encontrando os quinze maiores arquivos de um diretório

du -x -h –block-size=1024K | sort -nr |head -1

– Encontrado o maior arquivo em um diretório

du -S |sort -n

Posted in Sem categoria

Crackeando arquivos RAR com senha no Linux

Arquivos de Torrent de filmes e Albuns de MP3 geralmente são encontrados em formato RAR e estes são protegidos por senha que muitas vezes apontam para um local onde faz com que o usuário tenha que pagar uma quantia para liberar a senha para abrir o conteúdo ( rídiculo isso ), com isso comecei a estudar melhor como funcionam os arquivos RAR com senha.
Arquivos RAR com senha possuem em seus últimos bits a senha no qual é solicitada ao usário, o mais interessante é que alguns softwares de descompactação como por exemplo o File Roller disponivél para plataformas Linux, BSD, OSX entre outros derivado do mundo *NIX, interpretam o arquivo bloco por bloco no qual da para o usuário uma chance de copiar o conteúdo antes de chegar o bloco no qual contém a chave de senha.

O processo é simples mais requer um pouco de agilidade, levaremos em consideração abrir o arquivo release-movie.rar

Continue reading

Posted in Sem categoria

Instalando o Netcat através do DarwinPorts no OSX Leopard

Neste tutorial iremos mostrar como configurar o Netcat mais conhecido como NC através do Darwinports

Pacotes necessários:
DarwinPorts-1.5.0-10.4.dmg
Download: http://netcat.darwinports.com/download/

Iniciando a instalação
Primeiramente baixe e instale o Darwinports, é uma tarefa fácil pois o pacote já está em formato pkg um duplo clique já instala o aplicativo.

Depois de instalado aconselho a reiniciar o seu computador, abra o terminal como super usuário e digite os comando abaixo:

%  cd /opt/local/bin/portslocation/dports/netcat
%  sudo port install netcat
Password:

depois de executar estes comandos você deverá receber em seu terminal algo como

--->  Fetching netcat
--->  Verifying checksum for netcat
--->  Extracting netcat
--->  Configuring netcat
--->  Building netcat with target all
--->  Staging netcat into destroot
--->  Installing netcat

Para encontrar mais informações sobre o pacote como manual, local de instalação dos binários utilize os comandos abaixo:

%  man netcat
%  apropos netcat
%  which netcat
%  locate netca

Pronto seu NC está pronto para ser utilizado, até a próxima.

Posted in Sem categoria