Microsoft tenta intimidar o governo brasileiro

  • Post author:
  • Post category:Sem categoria

A Microsoft est? processando S?rgio Amadeu, autoridade m?xima do governo brasileiro para implanta??o de Software Livre, e um funcion?rio da empresa monopolista no Brasil dispara amea?as veiculadas, com destaque, pelo “The New York Times” em plena semana do 5?FISL em Porto Alegre.

Inconformada com a pol?tica do governo brasileiro em defesa do Software Livre e que est? acabando com a *reserva de mercado* da Microsoft para compras de programas de computadores governamentais, a empresa lan?a uma ofensiva tentando intimidar o governo brasileiro.

Em plena semana do maior evento de Software Livre da Am?rica Latina e um dos mais importantes do mundo, o funcion?rio presidente da Microsoft Brasil, Em?lio Umeoka, inicia a tentativa de intimida??o declarando que a decis?o do governo brasileiro de apoiar o Software Livre nos computadores do setor p?blico est? sendo “influenciada pela ideologia”. O vendedor da mega-empresa-monopolista, Sr. Umeoka, vai mais longe afirmando que a decis?o soberana de nosso governo, legitimamente eleito, pode levar o pa?s na ?dire??o errada?. A certa, na opini?o do vendedor, talvez fosse manter a *reserva de mercado* para a MS no governo, engordar os bolsos do homem mais rico do mundo e continuar enviando anualmente bilh?es de d?lares para o exterior, em forma de pagamento royaltes, num pa?s onde 22 milh?es de pessoas passam fome e 46 milh?es vivem abaixo da linha da mis?ria.

A busca de alternativas para o nosso desenvolvimento, desencadeadas pelo governo atrav?s da aposta num novo modelo de neg?cios baseados no Software Livre e aberto, tem recebido amplo apoio de pequenas e m?dias empresas nacionais que atuam no mercado de inform?tica e at? de grandes empresas globais como a SUN, IBM e HP que est?o investindo pesado nesta plataforma. Al?m disso, essa pol?tica tem um amplo apoio parlamentar, atrav?s da Frente Parlamentar pelo Software Livre e Inclus?o Digital, lideradas pelo Presidente do Congresso Nacional do Brasil, Senador Jos? Sarney e pela Senadora Serys Slhssarenko al?m dos deputados Walter Pinheiro e S?rgio Miranda. ? uma das maiores frentes do Congresso Nacional!

Mas na semana em que os meios de comunica??o do mundo todo exaltavam positivamente as iniciativas do nosso pa?s, pela realiza??o e pelos conte?dos dos debates que aconteciam no 5?F?rum Internacional de Software Livre em Porto Alegre, o jornal ?The New York Times?, mais uma vez, ao inv?s de cobrir ?jornalisticamente? este acontecimento positivo, preferiu dar ?publicidade? ?s declara??es ?patri?ticas? do funcion?rio da MS, Sr. Em?lio Umeoka contra a inciativa brasileira: ?daqui a 10 anos teremos uma posi??o dominante em algo insignificante”.

Pr?tica de Intimida??o

Todos n?s j? sab?amos que a MS n?o admite perder e ? avessa a livre concorr?ncia, mas a gigante pisou na bola e passou dos limites aceit?veis nesta semana. Numa clara pr?tica de intimida??o desencadeada pela gigante contra o governo do Brasil, a empresa monopolista iniciou um processo criminal contra a mais alta autoridade do governo brasileiro respons?vel pela implanta??o do Software Livre, S?rgio Amadeu Presidente do ITI. A autoridade brasileira recebeu uma notifica??o judicial de um processo criminal movido pela empresa contra a supostas declara??es deste na revista semanal ?Carta Capital? dizendo que a doa??o de software para governos ? uma pr?tica tipo a dos traficantes. Essa declara??o atribuida a S?rgio Amadeu na revista n?o ? original. O Presidente da SUN e v?rios ativistas do movimento Software Livre usam esta analogia: ?a primera dose de software propriet?rio distribuido gr?tuitamente ? como uma droga, depois que cria depend?ncia nos usu?rios a empresa come?a a cobrar?.

Al?m disso, a empresa quer que S?rgio Amadeu explique porque, segundo a revista, ele atribui a estrat?gia de neg?cios da MS a pr?tica de FUD (medo, incerteza e d?vidas) em rela??o ao mercado de Software Livre. Isso tamb?m n?o ? nenhuma novidade. Uma semana antes uma declara??o intitulada ?Declara??o de Barcelona para o avan?o do Software Livre? assinada por v?rios experts internacionais www.softwarelivre.org/news/2297, dentre eles Manuel Castells e Vinton Cerf um dos criadores da Internet, j? apontava: ?O Software Livre tem que trabalhar firmemente para combater as t?cnicas FUD (fear, uncertainty and doubt) que s?o utilizadas contra ele?.

Mas porque o processo foi movido s? contra a autoridade brasileira?

A resposta ? simples. ? uma clara tentativa de intimidar as a??es do governo brasileiro. Essa iniciativa da MS merece o rep?dio da comunidade internacional. Devemos, mais do que nunca, nos solidarizar e apoiar as inciativas de nosso pa?s rumo a independ?ncia tecnol?gica.

Autor: Marcelo Branco
Fonte: PSL Brasil