OSX86 rodando dentro do Debian

  • Post author:
  • Post category:Sem categoria

Olá a todos, neste artigo irei mostrar como configurar o Mac OS X86 rodando dentro de uma máquina virtual na distribuição Debian Gnu/Linux.

Hardware utilizado:
Processador Celerom D 2.26 Ghz
1 GB RAM
HD U/ATA 7200 RPM

Software utilizado:
S.O Debian Gnu/Linux 3.1 R2
Mac OSX86 10.4.6 Jas Path
Kernel 2.6.17
VMWare Server 1.0 for Linux
Perl Library.

Preparando o ambiente:
Levando em consideração que você já possui o kernel compilado para a versão 2.6.17 e também possui os headers e os sources do kernel presentes em seu computador, vamos direto a instalação e configuração do tópico principal de nosso artigo que é a instalação do VMWare Server e ainda do Mac OSX86.
Primeiramente entre no site do software VMWare e faça download da versão para a plataforma Linux para isso entre em www.vmware.com e procure por Free Virtualization ou então clique no link:
http://download3.vmware.com/software/vmserver/VMware-server-1.0.0-28343.tar.gz
depois você irá precisar de uma cópia do DVD MAC OSX86 que não é oficial ainda de rodar em plataforma X86 que não seja Apple/Intel, porém o projeto OSX86 fundou um projeto não oficial que dá suporte e desenvolvimento desta plataforma portando para PC’ s comuns, é interessante consultar os requisitos de Hardware para instalação antes de se aventurar o URL do projeto é: http://www.osx86project.org/,

atualmente o OSX86 é encontrado em imagens ISO em sites de Torrents com diversos patchs no qual disponibilizam boot para diversos tipos de processador X86.

Instalando o VMWare
Depois de ter baixado o VMWare Server, vc deve descompactar o pacote para isso use o comando no terminal:

tar -zxvf Vmware-server-1.0.0-28343.tar.gz

será criado automáticamente uma pasta com o nome de vmware-server-distrib, entre neste diretório e execute o comando de instalação abaixo no terminal para isso você deve ser super-usuário:

perl vmware-install.pl

com isso aparecerá no console algumas questões que devem ser respondidas entre elas está a configuração das interfaces ethernets, NAT entre outras opções, caso você não tenha certeza quanto a localização das bibliotecas e binários do VMWare aceite os caminhos padrão teclando ENTER nas perguntas, caso você tenha passado da opção no qual o VMWare informa que estará compilando o libs e o source junto ao kernel default da máquina, isso significa que 80% das chances da instalação finalizar com sucesso.

Caso no meio do processo você encontre alguma surpresa do tipo, o Vmware não pode integrar ao kernel devido a uma falta dos headers do sistema, verifique se você realmente possui os headers da versão do kernel utilizada e se há um link para o source em /usr/src.
Para que não haja problema eu aconselho compilar ou atualizar o kernel pelos sources, deixando uma cópia do mesmo em /usr/src/linux-2.6.x e criando o link simbólico para linux.
Nesta versão que estamos testando também é necessário que você tenha instalado a bibliotecas GTK2, instaladas automáticamente quando é feito a instalação do Gnome 2.8 em nosso exemplo no Debian Gnu/Linux.

Iniciando o Vmware
Após ter finalizado a instalação você deve estar logado como super usuário no terminal para executar o comando de inicialização do vmware para isso use:

sudo -s ; vmware