Uma revolu??o chamada apt-build!

  • Post author:
  • Post category:Sem categoria

Quero compartilhar com todos uma revolu??o chamada apt-build!

A maior parte das informa??es dessa dica foram retiradas de artigos que foram traduzidos por camaradas de outras distros baseadas em Debian como o BigLinux. Irei cit?-los e eventualmente comentar algo. O apt-build se baseia no conceito do Ports, do freebsd, de instalar e recompilar programas se ajustando ao pc de cada pessoa levando em conta qual processador elas usam e qual poder, consequentemente, cada m?quina possui.

Ele pega as sources dos pacotes e compila tudo automaticamente o que tradicionalmente n?o ? feito pelos usu?rios por ser um processo bastante complexo.

Durante a instala??o ele pergunta quais op??es voc? pretende acrescentar ao gcc e depois pergunta qual processador voc? usa.Me recomendaram por uma op??o mais simples no gcc como o0 mas ap?s a instala??o eu a comentei deixando a otimiza??o restrita ao meu k6-2 500.

Para instalar d? um sudo apt-get install apt-build.Eu fiz a instala??o usando o aptitude dando um sudo aptitude install apt-build.

Quando ele me perguntou qual n?vel de otimiza??o eu queria eu optei pelo n?vel 2 j? que o 3 teoricamente seria inst?vel.Quando ele me perguntou qual op??o eu queria para o gcc eu pus O0 mas antes de instalar qualquer coisa eu comentei essa op??o pondo o seguinte simbolo # antes da linha em que a op??o estava determinada.Dei um sudo kedit /etc/apt/apt-build.conf e deixei o meu assim:

build-dir = /var/cache/apt-build/build repository-dir = /var/cache/apt-build/repository Olevel = -O2 march = -march=k6-2 mcpu = -mcpu=k6-2 #options = ” O0″

Eu recomendo que todos optem pelo n?vel 2 e deixem a parte referente ?s op??es do gcc comentadas.

? fundamental que sejam acrescentadas ?s fontes do apt as seguintes linhas referentes ?s fontes dos pacotes.Eu dei um sudo kedit /etc/apt/sources.list e pus estas :

deb-src http://ftp.de.debian.org/debian testing main contrib non-free deb-src http://ftp.de.debian.org/debian-non-US testing/non-US main contrib non-free deb-src http://ftp.de.debian.org/debian unstable main contrib non-free deb-src http://ftp.de.debian.org/debian-non-US unstable/non-US main contrib non-free deb-src http://ftp.de.debian.org/debian stable main contrib non-free deb-src http://ftp.de.debian.org/debian-non-US stable/non-US main contrib non-free deb-src http://ftp.de.debian.org/debian ../project/experimental main deb-src http://http.us.debian.org/debian/ ../project/experimental main deb-src http://pkg-gnome.alioth.debian.org/debian experimental main

Os comandos s?o semelhantes aos do apt-get.

Temos o apt-build update para atualizar os pacotes, apt-build install programa, apt-build upgrade ( muito complexo e demorado) e apt-build world, o mais complexo, e fortemente n?o recomendado porque recompila todos os programas do sistema o que pode lever dias.

Esse comando equivale ao make world do free bsd.

Quero dizer a todos que no meu limitado k6-2 500 foi uma revolu??o.Compilei o xfce4 e est? voando.? um processo demorado, tenham paci?ncia, mas vale muito a pena.Agora sempre irei utilizar o apt-build e espero que ele se torne padr?o no Kurumin.

Essa dica visou tornar amig?vel a instala??o e configura??o do apt-build compartilhando minha experi?ncia.

Todos os cr?ditos e m?ritos s?o de Julien Reveret, autor das dicas em ingl?s, e de Thiago Scherer, que traduziu as mesmas no seguinte site :

http://grajagan.rg3.net/artigo-apt-build.html